Sucumbência

… A lua cheia magnífica iluminava a cabeleira negra da jovem absorta que, entretanto, seguiu seu caminho a olhar para os próprios pés. Ao rapaz que corria para o metro, eu quis pedir que a notasse. Magnífica e ignorada, misteriosa e imponente, presente e futura. A lua… Continuar lendo Sucumbência